Publicidade

Publicidade

Arquivo de dezembro, 2010

13/12/2010 - 15:33

Opinião do Consumidor: Murphy’s Irish Stout

Compartilhe: Twitter

murphysstout.jpg

Após passar por uma double chocolate stout (a ótima Young’s), hora de encontrar uma stout de verdade, com colarinho hiper-cremoso, cheiro marcante de café e muita história cervejeira. A Murphy’s – fundada em Cork, na República da Irlanda – já passou por aqui, mas com sua versão Irish Red, mas o patrimônio da casa é a versão stout, que segundo consta ainda segue a receita original desde sua fundação, em 1856.

Principal particularidade: o sistema Draughtflow. Ao abrir o latão de 500 ml, um dispositivo libera nitrogênio formando um efeito de cascata de espuma (semelhante ao da Guiness), o que torna o colarinho permanente e bastante cremoso. Já que falamos em Guiness, numa comparação com a stout mais famosa do mundo, a Murphy’s parece mais doce, mais seca e muito mais leve (são só 4% de graduação alcoólica).

Uma propaganda da empresa brinca que a cerveja é escura como um capuccino forte. A comparação tem relação também com o aroma e o sabor marcados por café (devido ao malte tostado) e, levemente, por caramelo (há malte de chocolate na formulação). Se não há muita personalidade no conjunto, o que valoriza a Murphy’s Irish Stout é sua suavidade, tornando-a boa companheira para qualquer ocasião.

Está sendo trazida ao Brasil pela Femsa e pode ser encontrada entre R$ 9 e R$ 14 em supermercados (Pão de Açúcar) e empórios.

Teste de Qualidade: Murphy’s Irish Stout
– Produto: Stout
– Nacionalidade: Irlanda
– Graduação alcoólica: 4%
– Nota: 3,02/5

Leia também:
– Young’s Double Chocolate Stout, uma delícia (aqui)
– Murphy’s Irish Red, não é perfeita, mas é agradável (aqui)

Autor: - Categoria(s): Opinião do Consumidor, Provamos, Recomendamos Tags:
07/12/2010 - 12:47

Opinião: Young’s Double Chocolate Stout

Compartilhe: Twitter

stout.jpg

Basta levar a taça ao nariz para sentir o forte e delicioso aroma de chocolate. Das cervejas que adicionam chocolate em sua fórmula, apenas a fracote Backer Brown (o patinho feio da cervejaria mineira) tinha freqüentado este espaço. Agora é a vez da bela Young’s Double Chocolate Stout, uma cerveja inglesa muito interessante e peculiar produzida pela cervejaria Wells & Youngs, fundada em 1831.

As stouts são cervejas de cor escura derivada do malte torrado, que naturalmente lhe confere sabor e aroma de café e chocolate. A mais famosa das stouts é a Guiness, mas a história aqui é um pouco mais adocicada, incluindo adição de malte de chocolate (um malte que foi torrado até adquirir uma cor de chocolate amargo) ou mesmo chocolate de verdade – como nesta Young’s Double Chocolate Stout.

O aroma é cativante. O café e o malte torrado se fazem presente, mas o grande destaque é o chocolate, que impressiona. O torrado do malte se destaca no sabor marcante, que deixa no final algo de café e chocolate amargo. São só 5,2% de graduação alcoólica (até baixo para um stout), mas fica a impressão de ser mais forte nos primeiros goles, embora amacie no final – balanceado e perfeito. Belíssimo exemplar do estilo. Para beber (a garrafa de 500 ml desce e você nem percebe) e viciar…

Teste de Qualidade: Young’s Double Chocolate Stout
– Produto: Stout
– Nacionalidade: Inglaterra
– Graduação alcoólica: 5,2%
– Nota: 4,43/5

Leia também:
– Backer Brown: jogaram Toddynho na sua cerveja (aqui)

Autor: - Categoria(s): Opinião do Consumidor, Recomendamos Tags:
Voltar ao topo